15 nomes tupis masculinos e seus significados para batizar seu filho

Escolher o nome de um filho não é uma tarefa fácil, ainda mais com a quantidade de pessoas que nascem a todo instante e tem os mesmos nomes comuns. Miguel, Arthur, Heitor Bernardo em Davi foram os nomes mais dados para crianças no Brasil em 2018, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Se você quer ser criativo e tornar seu filho alguém com um nome menos comum que a grande maioria das pessoas, a língua Tupi tem nomes únicos. Além disso, é uma forma de homenagear os índios Tupi que vivem na Amazônia há quase 10 mil anos. Confira abaixo uma lista com os 15 nomes principais e seus significados:

1 – Kauê

Kauê, por mais comum que possa parecer, é um nome indígena brasileiro que tem origem Tupi-Guarani. Kauê é uma variante de Kauã e significa gavião. Na época, os nativos chamavam as aves de rapina da mesma família dos falcões de Kauê.

Ainda, a teoria mais aceita para a origem do nome é a de que Kauê é uma derivação de Cauê, uma saudação indígena que significa “salve” ou “homem bom”. As duas variações são conhecidas no Brasil e o mascote oficinal dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, também recebeu esse nome.

2 – Raoni

Você provavelmente já ouviu falar na liderança Indígena, o cacique Raoni, que luta pela preservação da Amazônia e pela demarcação de terras no país e fora dele. O nome também tem uma origem Tupi e significa “chefe” ou “grande guerreiro”.

Quando uma criança recebe o nome de Raoni ela deve carregar a bravura dos povos, especialmente a do chefe, o cacique. A personalidade, que hoje é visto no mundo inteiro como um grande líder, ficou conhecido após dar declarações sobre a floresta, que precisa ser preservada.

O cacique ainda foi personagem de um documentário de Jean Pierre Dutilleux, que chegou a ser indicado ao óscar. Alguns famosos são conhecidos com esse nome, como o surfista Raoni Monteiro e o dublador Raoni Carneiro.

3 – Kayke

Kayke significa “ave aquática”, ou ainda “aquele que desliza sobre as águas”. Em tupi, a beleza do nome diz respeito ao fato de refletir a identidade nacional brasileira.

As outras formas que esse nome é encontrado são Kaike, Caíke ou Caíque. O nome é preferido pelos paulistanos, já que o Censo Demográfico de 2010 tinha 4,1 mil portadores apenas no estado.

4 – Moacir

Moacir significa “o que vem da dor”, “o que faz doer, o que magoa”, ou ainda “dolorido e magoado”. Independente do significado, Moacir é um dos nomes indígenas mais populares no pais, ainda podendo ser escrito como Moacyr.

5 – Ubiratan

Madeira forte, “duro”, “lança dura” ou ainda “tacape forte”. Ubiratã era o nome de uma árvore utilizada não só para a produção de objetos, mas também na confecção de armas, instrumentos musicais ou remédios caseiros.

O nome carrega um valor de bravura ao índio, além de um caráter por conta da madeira ser essencial para o desenvolvimento do povo.

6 – Ubirajara

Ubirajara vem do tupi como “senhor da lança”, ou “senhor da vala”. O nome era dado pelos índios para quem tivesse habilidade com as ferramentas, seja na guerra ou na caça.

O nome ainda foi protagonista da obra de José de Alencar, como um herói nacional, em 1874. Ubirajara também é um município pertencente ao estado de São Paulo.

7 – Ubiraci

O nome significa “boa madeira”, que na tradução ainda pode ser considerada uma árvore que propicía bons materiais. As pessoas batizadas com esses nomes geralmente ganham os apelidos de “Bira”, ou Ubi, por exemplo.

8 – Jandir

Os animais eram importantes para a sobrevivência dos indígenas. Tanto que Jandir significa “abelha de mel” e “homem cuja companhia é agradável”. O nome é dado para pessoas queridas, que eram bem vistas assim como os animais.

9 – Guaraci

Guaraci significa literalmente “Sol”. O nome é unissex e vai muito além da beleza. Guaraci é um exemplo de como a cultura indígena pode ser valorizada, deixado como um nome especial para um filho, ou herdeiro.

10 – Rudá

Em Tupi, Rudá significa “divindade do amor”. O nome tem origem indígena e lembra a deusa do amor para os índios. Rudá é um nome masculino e reflete a paz, o amor e a virilidade dos seres humanos.

11 – Tupã

Tupã é um nome indígena que significa progenitor. O pronome é predominantemente masculino e é comum no país por batizar empresas, comércios e estabelecimentos.

12 – Araruna

Na língua tupi, Araruna era o nome dado às araras negras que voavam nas florestas da região norte do país. Uma cidade, no oeste paranaense, recebeu o nome de Araruna em homenagem aos índios que ainda sobrevivem no Brasil.

13 – Apoema

Em Tupi, Apoema significa “Aquele que vê mais longe”. Ao dar esse nome ao seu filho, você provavelmente estará colocando uma herança cultural que reflete a sabedoria de homens que vão mais longe e enxergam além.

14 – Itagiba

O nome Itagiba está relacionado diretamente com a força dos índios tupi. No dialeto, Itagiba era “forte braço”, “forte como pedra”, e simbolizava a união da força dos homens da tribo.

15 – Upiara

Assim como nos povos do ocidente, os índios tinham nome para homenagear e fortalecer as lutas de cada dia. Upiara, em Tupi, é aquele que luta contra o mal, seja ele espiritual ou físico.

NOMES TUPIS

Deixe seu Comentário

WebGo Content